Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jardins Suspensos

Jardins Suspensos

Cada Livro tem Magia

 Olá!

 

 Hoje é Dia Mundial do Livro e acho que podemos pousar os pincéis de maquilhagem por um momento e pensar um bocadinho na importância dos livros.

 

 Numa era em que a imagem é muito mais consumida que a palavra escrita e com a crescente popularidade de aparelhos onde se enfiem os livros dentro, condensados, leves, escondidos, o livro pode muito bem ser uma espécie em vias de extinção. Mentira, eles hão de existir sempre, apenas se tornarão na excentricidade dos antiquados, que não se importam com o cheiro mas que o adoram, que não se importam com o peso e espaço ocupado mas que erguem monumentos que os suportem magnificamente.

 

 Eu adoro ler, adoro folhear, adoro entrar numa história e sentir-me personagem dela, adoro torcer para um rumo, tentar descobrir o significado de uma pista, e embora me faça arder os olhos, adoro ler algo que me faça chorar e me toque a alma. Não tenho uma memória à Reid e consigo, sem mágoa, ler livros que já terei lido há dois anos e voltar a sentir a maior parte da excitação da primeira leitura. 

 Um livro é um tesouro, que mesmo que nos esqueçamos de 90% do que lá tem guardado, nos faz carregar 10% connosco, nos ensina algo, nos tolda e nos molda, nos enriquece a mente, o coração, a alma, nos ensina bastante sobre a condição humana e o que a move.

 

 Os livros fazem-nos, mesmo com os mais descabidos enredos, acreditar e sonhar. Já olharam pela janela, olharam para o ecrã da tv, leram as páginas dos jornais? Já perceberam a miséria que impera neste momento, mesmo ao nosso lado, muitas vezes dentro dos nossos círculos? Que mal tem sonhar desde que saibamos de que matéria é feita a realidade e o que podemos fazer por ela? Qual é o problema em escolher viver e batalhar e suportar as mais inóspitas condições de viver, com parte do cérebro ocupado e deliberadamente voltado para o bem que se sabe poder existir e que nos é mostrado nas páginas de um livro?

 

 Uma vida sem esperança, sem sonhos, é uma vida sem sentido. Um livro é um lugar mágico ao nosso alcance e que nos pode trazer um pouco mais de sentido e de sentimento. Vão-me dizer que não precisamos disso?

 

 Boas leituras!

1 comentário

Comentar post