Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jardins Suspensos

Jardins Suspensos

#GayIsOk

 Hoje a Lush arranca com uma campanha em conjunto com a All Out onde te é perguntado:

E se o teu amor fosse ilegal?

Vamos perceber melhor esta campanha.

gayisok1.jpg

 

 Porquê esta campanha?

  • Talvez não saibas mas em 76(!) países do mundo, ser homossexual é ilegal, um acto criminoso e em 10, sê-lo pode custar-te a vida;
  • Neste nosso mundo tão vasto, não existe um único país onde lésbicas, homossexuais, bissexuais e/ou transexuais tenham plena igualdade de direitos;
  • Cerca de 2,8 biliões de pessoas, pessoas normais como eu e tu, vivem em países onde serem abertos acerca da sua sexualidade, implica que sacrifiquem a família, a liberdade, a segurança pessoal, a dignidade, em suma, implica que sacrifiquem as bases dos direitos humanos.

gayisok.jpg

 Sobre o produto da campanha:

  • A campanha será dinamizada com a venda do Sabonete do Amor, um sabonete dourado com brilho e o aroma da fragrância Love, onde aparece em relevo o mote da campanha: #GayIsOk;
  • Este sabonete estará à venda em todas as lojas Lush do mundo, excepto naquelas cerca de 100 (dentro de um universo de mais de 800), situadas em países em que há legislação anti-gay, tornado este artigo, com mensagem positiva em relação aos direitos gays, ilegal.

 Como podes participar:

  • Comprando o sabonete estás a ajudar, pois estás a contribuir para o trabalho efectuado por várias organizações LGBT por todo o mundo, para que continuem a lutar pela igualdade de direitos que podiam ser os teus,
  • Nas lojas, serás convidado a tirar uma selfie com o sabonete e a dizer porque, para ti, #GayIsOk. Essa é outra forma de ajudar pois estarás a tomar uma posição activa em relação a este tema, perante o mundo.

 Mas comprar o sabonete é importante?

  • É, na medida em que a marca pretende angariar 250,000 libras, 50,000 das quais serão doadas à All Out, para que continue com o seu trabalho por todo o mundo. O restante servirá para atribuição de bolsas até 10,000 libras cada, a outro grupos de LGBT.
  • Ás vezes, não poucas, esquecemos-nos de que gozamos de direitos vitais, porque alguém lutou por eles, porque alguém tomou uma posição. Tomar banho com um sabonete dourado e brilhante pode fazer-te lembrar que há mais direitos para serem reivindicados e que são tão essenciais e urgentes quanto os teus.

 E vamos mesmo mudar o mundo?

  • Participar, comprando o sabonete ou apenas disseminando a mensagem, vai contribuir para que, as pessoas que estão activa e ininterruptamente a tentar mudar o mundo, tenham fundos para isso ou saibam que não estão sozinhos, dando-lhes o apoio moral que também os ajuda a darem mais de si.
  • E então, essas pessoas, contigo do seu lado, vão lutar para acabar com leis que ilegalizam e criminalizam a homossexualidade, vão lutar pela protecção de todas as famílias, vão fazer tudo o que lhes for possível para que vivamos num mundo em que pessoas tão normais como tu, não mais sejam discriminadas e/ou agredidas, permitindo-lhes viver sem medo, abertamente, livremente, quer sejam lésbicas, homossexuais, bissexuais ou transexuais, tornando-se apenas humanos, com direitos humanos.

 Pormenores?

  • Com eu disse, a campanha começa hoje e irá até dia 5 de Julho, em 825 lojas Lush pelo mundo e arranca com uma maratona de 24h de actividades um pouco por todo o globo;
  • O Sabonete do Amor custa 5,50€;
  • Para chegar aos 10 milhões de pessoas que a marca pretende atingir nas redes sociais, a tag a usar é, claro, #GayIsOk

Sobre a missão da All Out:

  • Com membros em Nova Iorque, Boston, Londres, Paris, Buenos Aires e Belo Horizonte, a sua missão passa por construir um mundo onde ninguém deixe de estar seguro, onde ninguém perca a liberdade, onde ninguém se veja privado de dignidade, apenas por ser quem é e por amar quem ama.
  • Mobilizando pessoas e as suas redes sociais, esta organização pretende criar um movimento global pelo amor e igualdade.
  • Desafiar leis discriminatórias, mudar atitudes e conceitos all around, fornecendo os devidos recursos aos activistas que estão na linha da frente, arriscando as suas vidas pelos direitos que são de todos.

gayisok2.jpg

 Porquê que para mim, #GayIsOk:

  • Porque acredito no amor e que ele não se guia por género, o amor é uma brisa que nos envolve e que nos faz bem, nos torna melhores. Não acredito que um homem que ame outro homem tenha menos direito a ser feliz que eu, e acho inconcebível que isso seja visto como um crime.
  • Não seria capaz de amar menos o meu filho ou as minhas irmãs, caso qualquer um deles perceba que a sua felicidade está com alguém do mesmo género. Digo-lhes isso várias vezes, assim como lhes digo todos merecemos ser felizes sem julgamentos.

gayisok3.jpg

 Se para ti tudo isto faz sentido, convido-te a participar, seja de que forma for, porque merecemos viver num mundo melhor e mais igualitário, mais humano.

 

prsample.jpg

Clique aqui e leia os FAQ's!