Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jardins Suspensos

Jardins Suspensos

It's Gone! #10 :)

 Olá!

 

 Hoje figura aqui mais um post de produtos idos, findados, terminados, reciclados. Embora pareça que eu estou a portar-me relativamente bem neste segmento de ir acabando com as coisas, eu porto-me mesmo muito mal na hora de fazer pública a mostra da embalagem vazia. Estamos a trabalhar nisso. Aff, esta semana regresso ao trabalho, dá para fazer rewind nas férias, por favor?! 

 

 Vá, coisas acabadas, vamos a elas!

 

 

 O Esfoliante Corporal Chocomania da The Body Shop, versão mini, não é moço novo por cá, há uma review no blog, AQUI, e já terminei um ou outro. Gosto muito dele, é um dos meus esfoliantes preferidos, seja pelo odor ou pela forma como deixa a minha pele. Tenho mais um menor e também um de tamanho regular para usar e acho que, dentro da oferta da marca, é um dos melhores esfoliantes que há, embora os preços tenham sido alterados desde que a review foi escrita, sem que seja visível alguma melhoria no produto.

 

 O Creme de Duche de Caramelo da Sephora é um doce corporal e esteve envolvido numa postagem alusiva a coisas doces AQUI. Gostei bastante dele mas, e sendo que eu sou larga a usar produtos de banho, torna-se caro pela relação quantidade-preço. Não quer dizer que não recompre, que possivelmente irá acontecer um dia, mas há tanta coisa boa e cheirosa no supermercado a preços tão baixos e quantidades tão maiores, que esse dia ficará sempre um tanto mais para trás.

 

 Em relação ao conjunto de champô e condicionador da Essensity para Cabelos Danificados da Schwarzkopf, é coisa que andava por aqui há tempos para ser usado. Gostei bastante do champô, acho que cheirava a wafers de limão, não me perguntem porquê. Usei-o com gosto e senti o meu cabelo lavado com ele. Já o condicionador foi um martírio porque o cheiro era demasiado herbal para mim e não senti que fizesse algo de positivo pelo meu cabelo, pelo contrário. Acho, daquilo que fui vendo, que esta linha já não é vendida ou fabricada e não tenho muito a dizer sobre isso, o champô era bom mas não um favorito, o condicionador para mim foi uma má experiência e o que mais vou sentir falta é do cheiro a wafers de limão no banho!

 

 O trato com o Hidratante de Banho Nativa SPA de Monoi e Argão* d' O Boticário foi como com o outro hidratante de banho que usei da Nivea: primeiro estranhei e depois entranhei. Aqui o maior problema é que eu não adoro o cheiro desta linha e por isso a vontade de o usar em pleno era muito menor. Com esse tal uso, eu aprendi a suportar o mesmo mas não será, de todo, o primeiro lugar para onde me vou virar quando precisar de um produto que vá ter uma presença odorífera grande, mesmo que por um curto espaço de tempo. Isso - o do curto espaço de tempo que o cheiro dura - acontece porque eu não sinto que o cheiro fique muito tempo no corpo após o banho e porque eu passo o hidratante corporal por água, há quem escolha não o fazer. Não odiei mas prefiro experimentar outros de moto próprio.

 

 Ora bem, contas feitas, um favorito, três ok's e um never again. O saldo foi positivo, certo?

 

 Beijoo :)

 

 

Clique na imagem e leia os FAQ's!

2 comentários

Comentar post