Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jardins Suspensos

Jardins Suspensos

#MissãoNatal: Onde passar a Consoada?

 Olá!

 

 Entramos em modo Natal por aqui, afinal já há luzes por todo o lado, as lojas já apelam às novidades para a data e urge fazer os preparativos daquela que é, provavelmente, a data mais importante a nível familiar.

 Não esquecer que o sentido do Natal varia com cada um de nós e aquilo a que damos verdadeira importância também. Se uns não passam sem a família toda, outros preferem a rotina alimentar como regra.

 

 Enquanto estamos sozinhos ou ainda debaixo das asas familiares, é fácil decidir onde e com quem passamos a Consoada. Mas e quando nos juntamos ou casamos e passamos a ter um novo núcleo familiar? Se decidimos passar a nossa vida com alguém até que a morte nos separe e essas coisas todas, isso também se aplica ao Natal. Não sou apologista do até já que eu vou passar o 24 com os meus irmãos e tu vai lá à tua mãe e no 25 retomamos a programação normal.

 Quando se une a vida à de outra pessoa, é para ser a sério, é para criar laços, alongar ramos, é para partilhar, compartilhar. E o Natal é isso mesmo. É preciso criar novas tradições, ceder, chegar a um entendimento, porque também é isso que determina se chegam juntos ao dia de reis. O compromisso de tentar, de opinar, de estabelecer metas e limites, de sentir empatia pelo sentir do outro, tudo no seu conjunto é um exercício que, feito com amor a nós e ao outro, nos torna a todos mais fortes, individualmente e juntos.

 

 Este ano vamos ficar os três em casa no dia 24, vamos comer e conviver, vamos ver como será para primeira vez. No dia 25 conto repartir-me: almoço com uma das famílias, jantar com a outra. Não nos esquecendo de onde viemos nem das pessoas que sempre lá estiveram antes de cada um entrar na vida do outro, é importante para mim que se estabeleça um precedente, que se afirme sem olhar a amuos ou criticas: esta é a minha família também e precisa de raízes.

 As tradições são a repetição sistemática de uma acção que aconteceu uma vez, pela primeira vez. Este ano, eu vou iniciar a minha própria tradição.

 

 :)