Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jardins Suspensos

Jardins Suspensos

Workshop Make Up Factory com Diego Schober :)

 Olá!

 

 Na semana passada tive a oportunidade de estar presente num workshop de maquilhagem da Make Up Factory com a presença do maquilhador internacional da marca, Diego Schober.

 

 Por entre maquilhagens e algumas explicações, o que ficou assente foi a paixão que move Diego que, talvez nem se aperceba disso, mas consegue ofuscar tudo em seu redor quando se embrenha a falar sobre o que significa a maquilhagem para ele. Diego usa ele próprio a maquilhagem da qual é o rosto, de uma forma que não é usual por cá vermos em homens, é excêntrico, com humor e também tem ali um pouco de general alemão na veia. Mas aquilo que passa para nós, o que passou para mim, foi que ama o que faz, enquanto viaja de país em país, com um peluche por companheiro. Percebem o conceito de one man show? Ele é assim.

 

 Diego diz que trabalhou na MAC durante alguns anos e que veio de lá com uma lavagem cerebral, algo que povoa algumas mentes, que só conseguem entender algumas marcas e desprezam tudo quanto lhes pareça inferior. Salientou que a sua antiga marca empregadora tem qualidade sim mas que está, numa primeira instância, formulada para profissionais e que se sente que a consumidora comum não consegue retirar o devido proveito dos produtos.

 

 A verdade é que ainda há muita gente que se sente reticente na compra e uso de maquilhagem e, embora queiram apostar no melhor que acham que o mercado oferece, não sabem ou não conseguem retirar daí o devido retorno. A mensagem do maquilhador passa pela premissa da Make Up Factory oferecer produtos de qualidade, usáveis nos desfiles de moda em que participa mas também nos nossos espelhos de casa de banho, antes de sairmos para enfrentar o mundo. E com preços razoáveis.

 

 

 Diego teve o cuidado de ir passando os vários produtos de mão em mão para que cada uma lhes pudesse mexer, fazer swatches, cheirar, sentir; tudo isto enquanto contava com voluntárias e duas prestáveis ajudantes. Algo bastante importante foi o facto de salientar que o que queria, não era que ao sairmos daquele espaço, fizéssemos uma ode de adoração à marca, como se fosse a melhor coisa à face da terra. Aquilo que ele pediu foi que testássemos, que incluíssemos os produtos na nossa rotina e que tirássemos daí as nossas opiniões. Relacionei-me muito com isso pois é o que escrevo aqui muitas vezes: não é só porque nos dizem que é bom que devemos lançar-nos de cabeça, mesmo que quem nos diga seja da nossa inteira confiança; aquilo que devemos fazer é testar nós, na nossa pele, com os nossos defeitos e as nossas qualidades, com as nossas capacidades. Assim como Diego, eu sei do que gosto e do que resulta comigo, assim como tenho os meus próprios parâmetros para auferir a qualidade do que quer que seja. E é isso que faz com que uns adorem algo e outros o odeiem. 

 

 Confesso que todo o tempo de que dispusemos de Diego foi curto mas foi bem passado. Deu para aprender algo, deu para rir e até deu para nos comovermos. Algo que me deixou também agradada foi o facto de dizer abertamente "adicionem-me no facebok e procurem-me se tiverem dúvidas, se o produto não resultar podem refilar comigo". Diego (a quem na minha cabeça chamo David mas sem perceber porquê) é o tipo de pessoa que nos deixa bem dispostas sem esforço e eu vim de lá bastante sorridente. 

 

 

 Em relação à marca, eu já tinha alguns produtos e acho que os há bons e depois há outros que não resultam para mim, é como acontece com qualquer outra marca. Acho também que não são os produtos mais acessíveis do mundo mas que com os 20% de desconto que a Perfumes & Companhia faz tantas vezes, dá perfeitamente para assegurar um ou outro para testarem. Algo que gosto neles é o facto de libertarem várias edições, a última das quais tem um blush lindo que eu, depois de o testar no evento, estou seriamente a pensar comprar. 

 

 

 Em suma é isso, os produtos nós trazemos para casa e duram o seu tempo físico connosco mas as experiências que vivemos e as pessoas que conhecemos, isso fica mais além do plano do saco bonito.

 

 Sejam felizes sim?

 

 

Clique na imagem e leia os FAQ's!